Como Um Sistema de Análise de Gás Contribui Para Reduções de Emissões Atmosféricas?

Um sistema de análise de gás não é um equipamento que reduz diretamente as emissões de um processo industrial, porém é seguro, capaz de verificar e registrar o que é emitido na atmosfera, permitindo a verificação  dos parâmetros permitidos pelas normas ambientais, tais como as do CONAMA. 

Trabalhamos com a Premissa de que para reduzir as emissões na atmosfera é preciso medi-las, assim a medição e análise dos gases lançados na atmosfera é o primeiro passo de um processo de redução e tratamento das emissões.

Os Sistemas de Amostragem e Análise de gás desenvolvidos pela BGM são compostos por um conjunto de  componentes que visam extrair, condicionar e analisar uma amostra de gás a partir de um determinado processo de produção. Desse modo, o Cliente poderá otimizar e monitorar o seu processo, bem como aferir por meio de análises específicas os índices de interesse resultantes do mesmo. Essa tecnologia contribui para aumentar a segurança do processo, evitando danos permanentes ou possíveis avarias nos equipamentos

Não possuir um bom equipamento para medir, gera impossibilidade de controle das emissões, colocando o processo em condições inseguras para o ser humano, além do desperdício de matéria prima.

Para um processo sustentável de fato, um sistema de análise de gás se torna indispensável.

 

Leia Mais

Como escolher um rotâmetro corretamente para o seu processo?

Primeiramente, deve-se compreender o funcionamento do rotâmetro. Em seu interior há um tubo cônico com uma bolinha desprendida. A vazão, entrando por baixo, faz com que esta bolinha fique suspensa, desobstruindo a passagem do gás e, com seu determinado peso, indica na escala previamente estabelecida o valor da vazão em 1bar absoluto a 20°C.

Entende-se que, percorrendo o processo, há perda de carga e faz-se uma certa vazão chegando à bomba. Esta é medida em litros por minuto. Então há uma simples conta a ser realizada. Tomando, por exemplo, uma vazão de 21 l/min:

            21 (l) * 60 (min) = 1260 (l/h)

            Os rotâmetros têm especificações quanto à vazão que suportam (10 – 100, 25 – 250, 50 – 500, 800 – 1800 etc.). Portanto, visto o resultado da multiplicação, é fácil saber qual utilizar, que no caso do exemplo seria o de 800 – 1800 l/h.

Leve em conta que, durante a pressurização, a pressão comprime o gás, portanto é raríssimo ter tamanha vazão como no exemplo dado. Na grande maioria dos Sistemas de Análise um rotâmetro de 50 – 500 l/h funciona perfeitamente.

Conheça mais sobre nossos rotâmetros

Leia Mais

Comemorativo: 30 Anos BGM

É com sentimento de orgulho que a BGM chega aos seus 30 anos de operação, comercialização e prestação de serviços relativos à análise de gás. Desde sua fundação em 20 de julho de 1991, a BGM trabalha com foco na solução eficaz com base em seus princípios de ética, compromisso e transparência. Princípios estes que serviram de alicerce para sustentar a sobrevivência da Empresa durante períodos de crises globais, como as crises de 2008 e 2014, que afetaram diretamente seus principais clientes.

Diante de um mercado antes dominado pelas empresas internacionais, a BGM se posicionou com ousadia para conquistar cada um de seus clientes de forma especial, provando seu potencial em promover soluções que realmente fossem eficazes aos processos das grandes empresas que atende. Certo é que a BGM conquistou seu lugar, sendo hoje a única fabricante de equipamentos específicos para a análise de gás no Brasil com qualidade e eficiência comprovada.

Foram anos de muito trabalho e pesquisa para desenvolver seus equipamentos, cada produto foi meticulosamente aperfeiçoado e atualizado para se encaixar perfeitamente aos processos da indústria brasileira.

Geralmente um painel de análise de gás está instalado nas grandes unidades fabris dos maiores grupos siderúrgicos, cimenteiros, incineradores, produtores de papel e celulose e petroquímicos do país, e talvez seja quase imperceptível perto das grandes dimensões das instalações, mas é peça fundamental para o funcionamento sustentável dos processos. Pela operação de um painel de análise de gás, torna-se possível medir as emissões na atmosfera, prevenir e evitar incêndios e explosões, além de reduzir gastos desnecessários com material combustível.

A área de análise de gás requer conhecimento sólido, trabalhado com base em dados claros e informações técnicas precisas. Isto a BGM adquiriu em seus 30 anos. Somos uma empresa mineira que superou as situações mais hostis e as venceu com resiliência e nos orgulhamos de nossa trajetória.

Estamos preparados para um futuro mais inclusivo, sustentável e consciente. Deixaremos para as gerações futuras um legado de que tudo é possível com persistência, ousadia, fé e coragem. Que venham os próximos anos!

 

Leia Mais

Bem Vindo Ao Novo Site BGM

No ano em que a BGM comemora seus 30 anos, apresentamos nosso novo site totalmente revisado para melhor atender os nossos Clientes.

Além da revisão visual, a navegação está mais intuitiva e adaptada para dispositivos móveis, as informações técnicas estão facilmente disponibilizadas, dois novos canais de comunicação foram criados (via WhatsApp e Canal de Ouvidoria) e novos assuntos estarão em destaque: sustentabilidade e Governança Corporativa.

Nesta caminhada de tantos anos, estamos nos reinventando sempre e, por isso, queremos mostrar a nossa melhor versão.

Leia Mais

O Que é Importante Especificar Em Um SAAG Para Ser Atendido?

O Sistema de Amostragem e Análise de Gás (SAAG) é feito para atender a uma necessidade específica do Cliente. A BGM possui um questionário técnico (FQ-130) que é preenchido pelo responsável técnico do interessado em adquirir um SAAG e cada resposta identifica uma parte do projeto.

O primeiro passo é ter o descritivo básico do processo, ou seja, a finalidade do produto BGM (ex.: analisar CO2 em alto-forno).

Depois, é preciso identificar os gases a serem medidos e seu teor de composição, atentando-se que cada gás demanda uma diferente alteração no projeto. Porém este passo requer atenção, pois o processo pode conter gases além daqueles que se deseja analisar. Conhecendo o processo, é possível encontrar o restante da composição da amostra e também suas particularidades: carvão vegetal libera CH4, soprar ar garante N2 e H2O(g), gases à base de enxofre (S) podem reagir com água e tornarem-se ácido sulfúrico, um poderoso corrosivo, ou corromper as células de O2 do analisador e HF e HCl demandam alteração de componentes.

Outros pontos são a temperatura da amostra (que pode indicar se o gás já está condensado ou não, que levaria a utilizar sonda e linha aquecida), pressão (pois os componentes têm um limite máximo de resistência) e vazão. Vale lembrar que todo gás é analisado seco, ou seja, sem umidade. Por isso, utiliza-se um secador (que atua como resfriador).

Fatores externos também atuam na definição de um projeto. O local de instalação, para saber se o painel ficará abrigado em uma sala com ar condicionado ou em um campo sofrendo com as intempéries, define as providências de proteção do painel e a classificação da área informa o índice de perigo ou se há risco de explosão.

Um projeto sempre tem variáveis que devem ser levadas em conta e contornadas com inteligência. Por isso, foi imprescindível o desenvolvimento de produtos de excelência. Hoje, os equipamentos BGM são associados ao que há de melhor no mercado e testes e uma equipe qualificada garantem que não existam erros ou falhas e trazem a certeza da qualidade do material.

Leia Mais

Manutenção Preventiva – Por Que Realizar?

O Sistema de Análise de Gás tem como prioridade a utilização de componentes de alta robustez e confiabilidade, de modo a minimizar intervenções de manutenção, além de garantir longa durabilidade e confiabilidade nas medições. Os equipamentos que compõe um SAAG possuem uma respectiva vida útil de utilização, que é diretamente influenciada pelo grau de contato com a amostra, pelo correto manuseio e, claro, pela realização da manutenção preventiva, sendo esta de extrema importância para o bom funcionamento de um Sistema.

Ao se antecipar a manutenção de um equipamento antes que os danos causados pela amostra gasosa e pelas condições ambientais o afetem ao ponto da necessidade da troca, os benefícios são mútuos para Cliente e Fornecedor. Conferências semanais de inspeção, procedimento de apenas alguns minutos de duração, garantem ao processo o seu correto funcionamento e eliminam a possibilidade de paradas repentinas devido ao fim da vida útil do material.

A simplicidade do procedimento, seja realizar inspeção visual de elementos filtrantes, averiguar ruídos anormais em equipamentos, acompanhar valores de temperatura e vazão ou verificar LEDs acessos, é facilmente compreendida no manual fornecido, além do Cliente ter a disponibilidade da equipe BGM, disposta a solucionar quaisquer dúvidas técnicas por telefone.

Leia Mais